Páginas

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

A vida com trilha sonora é mais legal. Como criamos ambientes individuais


Hoje eu tive um insight sobre algo magnífico da vida moderna, que em geral nos passa despercebido. Como nós alteramos o nosso ambiente pessoal. É incrível, mas nós levamos essa coisa que alterar o ambiente muito a sério, na opinião de muitos essa é a característica fundamental do ser humano, alterar significativamente seu ambiente. Ok, os macacos fazem umas casinhas e usam ferramentas rudimentares para "pescar" formigas.. Me liga quando o primeiro macaco construir uma jangada a vela. Nós levamos isso tão a sério, mesmo sem perceber, que passamos a alterar o ambiente do ponto de vista do indivíduo, mais que isso, passamos a criar ambientes individuais em movimento.
Veja isto. Descia eu as escadas do meu prédio para ir ao correio, com os fones de ouvido, ainda sem ouvir nada. Passei pela fofoqueira do prédio e isso me irritou um pouco. Como eu sei que o preciso ser mestre da mente controlei e achei que faria bem ouvir uma música ao invés de um podcast. Então, andando pela rua me senti como em um filme, era um música animada que combinava com cenas de estrada. Parecia trilha sonora.
Então veio o insight. Carros, fones de ouvido, óculos que mudam a paisagem... Nós criamos micro-ambientes completamente individuais, capazes de se adaptar às nossas necessidades e gostos de momento.
Começou com a muito tempo, mas percebemos o potencial com a música portátil. Com os carros podemos levar o escritório ou parte da casa conosco, cores, cheiros, sons, se você cuidar bem do carro e tiver essa percepção ele vira quase o seu mundo particular, alterando tudo a sua volta. É claro que não dá para se desligar totalmente do mundo ainda, afinal você tem que cuidar do transito, mas já estamos caminhando para isso com os protótipos de carros robóticos. Bem, quem tem motorista ou vai estar nas olimpíadas do Japão em 2020 (carros robô) já está praticamente nesse nível.
Fones de ouvido já a muito tempo colocam trilha sonora na nossa vida cotidiana, e parece que assim é o certo, parece que assim é melhor. Só falta a parte visual, eu pensei, mas já estão saindo uns óculos legais aí.. E, estando em carros, já fazemos um pouco isso de alterar a parte visual.

Um comentário :

Viviane Patricio disse...

Meu maior drama aqui é não poder fazer download das músicas que eu quero e poder andar na rua ouvindo elas... first world problems.