quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Anotações sobre comentaristas das olimpiadas, esperanças 2016 e a 'torcida' brasileira

Durante as olimpíadas de Londres, fiz algumas anotações, sobre como os brasileiros estavam se manifestando acerca das olimpiadas e como a nossa imprensa estava noticiando tudo. São só anotações soltas, nenhuma conclusão definitiva, mas preocupações e interesses.

Um apresentador do SporTV acha que as atleta do vôlei de praia não podem usar rashguard no frio porque a platéia veio para vê-las de biquini. Eu entendo que para quem assiste o esporte também é entretenimento mas quer ver alguém com pouca roupa? Playboy.

No Twitter, a 'torcida' querendo destruir os atletas ao menor erro, como se eles não estivessem competindo no nível máximo de seus esportes, em que o menor erro pode levar a uma falha enorme e até a risco da integridade do atleta. Um atleta nesse nível não tem como 'fazer corpo mole' ou coisa assim. Mas é assim que a torcida brasileira, acostumada a dar uma de técnico de futebol, acha que funciona.
Nossos atletas podem não ser os melhores do mundo, mas nossa torcida é nota 10 em critica.

Ainda no twitter, uma atleta comete um erro e "não merece ser gente". Preciso comentar?

Torço por todo mundo na ginástica. Não dá para torcer contra alguém, um erro pode levar a um grande problema para o atleta e todos que estão ali são muito bons para se torcer contra, é um show.
O ginasta brasileiro Sérgio Sasaki realizou o salto mais incrível sobre a prancha que vi até agora. Nota merecida 16.100. Desde então acumulou várias vitórias. Estou louco para vê-lo em 2016.
E o Zanetti então..

Ao menos os comentaristas do tênis no SporTv são sinceros: -"tem karate?" -"Não sei, vou ver aqui na lista" -"não, não tem karate nas olimpíadas" LOL

Mas os atletas estão cada vez melhores, o brasileiro venceu o norte coreano no boxe. Luta bonita, pela recuperação de imagem que vi. Espero ver mais vitórias nas lutas.

Mas temos alguns torcedores espirituoso, um disse que o atleta quando fica decepcionado se afunda na bebida... Isotônica.

Eu sempre achei que o badminton era um jogo parado e sem graça, mas atletas olímpicos conseguem por adrenalina em qualquer esporte

Que venha 2016, apesar da preocupação com muitas coisas, vamos ver o show dos atletas.

Nenhum comentário :