sábado, 2 de fevereiro de 2013

Wreck-it Ralf

Hoje (que já é ontem, pois comecei esse post antes da meia-noite) eu assisti Wreck-it Ralf, que ficou Detona Ralf na versão dublada em português. É, eu não sou muito de ver as coisas na estréia, escolhemos um dia com menos crianças.
Já adianto que, ao contrario da maioria dos nerds saudosistas brasileiros, eu adorei o filme.
A maioria das resenhas e comentários que eu li antes de ver o filme reclamava que a forma como o filme foi apresentado parecia que o filme seria carregado de referencias nostálgicas da época de ouro dos video-games, mas que enrolava demais no "joguinho de corrida doce" e quase não fazia referencias. E os vilões apareciam muito pouco.
Bem, eu não exatamente discordo, mas vejo de uma maneira diferente.

Os quatro personagens princípais foram muito bem escolhidos.

*** SPOILER ALERT *** SPOILER ALERT *** SPOILER ALERT *** SPOILER ALERT ***

O filme faz sim muitas referencias. Mas elas não são apenas nostálgicas, são divertidas e bem trabalhadas, de um jeito que se pode comprar o filme e gastar um bom tempo atentando aos detalhes que passaram. E eu acho isso muito divertidos.
O tempo gasto na Sugar Rush (Corrida Doce) foi a parte importante do filme, é onde as coisas realmente acontecem. Não dava para o plano de fundo ser o cenário do Fix-it Felix Jr, é muito limitado. Já um jogo de corrida, com vários cenários abre muito mais possibilidades. Além de oferecer mais personagens diferentes para interação.
Uma vez escolhidos os personagens principais, de maneira bem variada em parte para nos identificarmos com eles, penso eu, não é necessário mostrar todos os jogos e personagens. Imagino que a estação e a reunião no começo serve para isto, mostrar o máximo de personagens e games possíveis.
Quando Ralf vai parar no game Sugar Rush o filme passa de uma apresentação divertida e muitas vezes inesperada de elementos dos tempos dos fliperamas para um filme com história de fato. Um filme sobre ser você mesmo, auto-sacrificio, encontrar a felicidade, amizade, etc.
O filme é muito bom na verdade, tem todos os elementos de um filme típico, como o vilão aparentemente morrer e depois voltar no momento decisivo. Tem uma boa história de traição e morte, tem um pouco de drama e muita comédia leve. Não fiquei entediado em nenhuma parte do filme, diferente de muitos recentes como Smurfs, que me entediou por uns 20 minutos antes de ficar divertido.

Nenhum comentário :