Páginas

sábado, 27 de outubro de 2012

The Legend of Conan com Schwarzenegger

Finalmente um pouco de bom senso nesses remakes que estão na moda ultimamente. Vão colocar Arnold na pele do Conan novamente. É claro que o único e verdadeiro Conan é o das HQs, mas Arnold deu vida ao personagem ao interpretá-lo no filme Conan, o bárbaro de 1982 e depois em Conan, o destruidor em 1984, de forma que se tornou a face do personagem para aquela geração. Fazer um filme do Conan sem o Schwarzenneger é como fazer um filme do Rocky sem o Stallone, ou o Grande Ditador sem o Chaplin, corrompe a natureza do personagem.
Em matéria ao jornal Deadline, praticamente reproduzida pelo G1, Arnold teria dito "Eu sempre amei o personagem de Conan, e estou hornado por ser convidado a retornar”. Sim, os "profissionais" do G1 escreveram "hornado" ao invés de honrado.
O filme, prevista para 2014, apresentará o ultimo ciclo do guerreiro, como rei e irá ignorar Conan, o destruidor, o que o desqualifica como uma trilogia. É claro que o remake de Conan, o bárbaro, com aquele atorzinho meia boca que nem me dei ao trabalho de decorar o nome, também será ignorado.
É bom ouvir uma boa notícia dessas, principalmente em vésperas de sair remake do Robocop com cara de Iron Man, Vingador do Futuro com cara de Missão Impossível e Juiz Dredd com cara de qualquer porcaria que colocaram um atorzinho novo.
Eu não sou contra remakes, mas tem coisa em que não se mete a mão.

Nenhum comentário :