Páginas

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Do que eu falo quando falo em corrida

"Os corredores mais comuns são motivados por um motivo individual, mais do que qualquer outra coisa: a saber, um tempo que desejam bater. Assim que consegue bater esse tempo, um corredor vai sentir ter atingido o objetivo a que se propôs, e se não conseguir, sentirá que não o fez. Mesmo que não consiga fazer o tempo que esperava, contanto que tenha o sentimento de satisfação de ter feito o seu melhor - e, possivelmente, ter feito alguma descoberta sobre si mesmo no processo - , então é uma realização em si, um sentimento positivo que ele pode levar consigo para a corrida seguinte." Haruki Murakami - Do que eu falo quando falo de corrida.

É disso que eu falo quando falo de corrida. E recomendo veementemente esse livro, que me foi recomendado pelo amigo Daniel Gonzaga, tanto para quem está começando quanto para os corredores experientes, é um relato, meio autobiográfico, muito interessante, e um pouco motivador. Alias, recomendo até para quem não corre, ou pratica outros esportes, é um livro muito bom.

Haruki Murakami é autor de romances e pratica corrida desde que decidiu fechar seu bar em Tóquio e trabalhar como escritor (afinal tem formação em literatura) já que tem tendência a ganhar peso com facilidade. E no processo descobriu e ganhou bem mais do que esperava.
Seus livros mais famosos incluem:
Minha querida sputnik e Dance, dance.

Nenhum comentário :