sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

E-mail corrente

É incrível que as pessoas continuem repassando correntes depois de tantos anos, antes eram por cartas, agora por e-mail.
Recebi essa semana, pela 10000000000ª vez, aquela corrente que diz que a AOL e Microsoft irão dar dinheiro à quem repassar o e-mail por duas semanas. O engraçado é que recebi esse e-mail da mesma pessoa que me mandou a 6 meses atrás. Mesmo que fosse verdade, depois de 6 meses já se passaram as duas semanas. Além disso, o cara enviou para uma duzentas pessoas da outra vez, e não recebeu nada, o que faz ele pensar que receberá algo dessa vez?
Será que isto tem ligação com a ânsia por interação virtual que costuma abater as pessoas? Ou elas realmente acreditam que podem ganhar alguma coisa? Ou será só preguiça mesmo?

Engraçado que com o surgimento do twitter este tipo de corrente funciona, talvez baseando-se no hábito desenvolvido pelas pessoas após encaminhar tantas correntes.
Não podemos culpar as campanhas no twitter, que vieram depois, pelo mau hábito de encaminhar correntes, é claro, mas talvez elas revelem algo interessante sobre esse hábito.
As pessoas gostam de ganhar prêmios, e se não exigir esforço elas farão qualquer coisa para ganhá-los, mesmo pondo em risco suas máquinas e contas. Mas porque eles estão dispostos a arriscar suas máquinas e contas? Talvez porque eles não entendam que estão em risco, ou talvez pela idéia que isso só acontece com os outros, ou até pela idéia de que vale qualquer coisa se arriscar ganhar um extra.
É tão fácil ver se uma corrente é falsa ou não, em geral o que acontece conosco já aconteceu com alguém antes, é só buscar por palavras chave, ou pelo assunto do e-mail para descobrir uma fraude, as vezes é só pensar um pouco, mas as pessoas continuam caindo nessas.. Porque será?  Preciso pensar mais sobre isso.
Outro dia recebi uma sobre o Tommy Hilfiger, dizia que ele havia feito comentários racistas e os confirmado no programa da Oprah,  fui procurar e o e-mail começou em 1996, na época Hilfiger não sequer conhecia a Oprah pessoalmente, sua primeira, e acho que única, aparição no programa foi em 2006, dez anos após o inicio do e-mail. Hilfiger e Oprah publicaram notas de esclarecimento informando que sequer se conheciam pessoalmente e que Hilfiger não havia feito os comentários. Até na Wikipedia há um comentário explicando isto. Quer dizer, não precisa procurar muito.

Willyans V. só gosta de correntes de humor, daquelas com piadas do Joãozinho e tirinhas Cyanide& Happiness e similares.

Nenhum comentário :