Páginas

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Por que os intelectuais se opõem ao capitalismo? | OrdemLivre.org

Uma pergunta que já me fizeram vários amigos, que não tem problema algum com o capitalismo, sobre outros conhecidos ou mesmo amigos, que tem problemas com o capitalismo, é "porque essas pessoas se opõe ao capitalismo enquanto outras não?" ou "porque professores, em geral de disciplinas mais voltadas a teoria, se opõe ao capitalismo enquanto pessoas que trabalham em atividades mais práticas não se opõe?"

Por que os intelectuais se opõem ao capitalismo? | OrdemLivre.org

Este texto do Nozick, agora com tradução para o  português, pretende identificar as razões disso. Para aqueles que não tem problemas com o capitalismo será uma leitura interessante para entender os que se opõe, já para aqueles que se opõe será uma leitura interessante para que percebam que as vezes podem estar assumindo uma posição por motivos que não tem ligação com os resultados que dizem esperar. Isso acontece em todas as áreas, as vezes autores assumem consequências desastrosas apenas não abrir mão de uma posição. Será bom para repensar, quais são as razões para me opor ao capitalismo, e essas são realmente boas razões? Ou será que estou fazendo isso por algum outro fator interno que não tem relação com o objeto do meu ataque?
O objetivo do texto não é doutrinar, não é mostrar que os intelectuais que se opõe ao capitalismo são tolos ou que são tolos aqueles que não se opõe. O objetivo é abrir os olhos de ambos os lados para um perigo que existe para ambos os lados. É para chamar atenção para o uso mais frequênte da honestidade intelectual. Nozick é um dos melhores autores para tratar este tema, pois já frequentou ambos os lados.
Mas chega de falar, leiam o texto. Os comentários estão abertos como sempre.
Para quem se interessa pelo assunto eu sugiro que leia também Anarchy, State and Utopia, também do Nozick, que tem uma tradução ruim para o português.

Willyans V.

Nenhum comentário :